Área restrita

Acesse aqui sua ferramenta.

Informações sobre o WhatsApp e o uso de plataformas online

O WhatsApp é um ambiente muito propício para fortalecer o relacionamento corporativo. Saiba como aproveitar o máximo da ferramenta.

Riscos em utilizar grupos de WhatsApp para a comunicação

Existem muitos riscos em utilizar grupos de WhatsApp para realizar a comunicação com clientes. Links de grupos podem ser encontrados em pesquisas no Google, pois eles são compartilháveis: qualquer pessoa que possua o link, pode entrar em um grupo e ter acesso a dados sem autorização, pois, ao clicar nos dados do grupo, pode-se ver a lista dos telefones de todos os participantes, além de nome de perfil e foto, o que vai totalmente contra as normas da LGPD, e ainda abrir espaço para golpes, chantagens e extorsões.

Os grupos de WhatsApp são seguros porque são privados

Qualquer grupo criado no aplicativo WhatsApp é privado, mas administrador ou administradores podem torná-lo público por meio da opção "Convidar para o grupo via link". Embora a empresa WhatsApp Inc, recomende, deixando explícito em seu site: “Utilize esta função com pessoas de confiança. É possível que alguém reenvie este link para outra pessoa. Se isso acontecer, essa pessoa também poderá se juntar ao grupo. Nesse caso, o administrador do grupo não precisará aprová-lo”, não é possível ter controle sobre o grupo e sobre a segurança dele.

Qual é a visão do WhatsApp Inc sobre a prática de spam

A prática de spam é muito mal vista pelo WhatsApp Inc, que possui inúmeras formas de identificar usos irregulares do seu aplicativo sem precisar ler as mensagens dos usuários, que são protegidas por criptografia ponta a ponta. A empresa bane, mensalmente, milhões de contas que promovem spam pelo mensageiro. Não vale a pena, para empresas sérias e comprometidas, correrem o risco de perder espaço no WhatsApp, o app que mais contém usuários no mundo, por enviar conteúdos indesejados, ou seja, aqueles autorizados por eles através do termo de aceite ou optin.

A LGPD e o uso do WhatsApp pelas empresas

A LGPD - Lei Geral de Proteção de Dados não proíbe o envio de conteúdo promocional, convites ou mensagens informativas, mas ela determina que o titular (usuário) deverá consentir o uso de suas informações. A lei precisa ser seguida por órgãos públicos, empresas privadas e até mesmo as pessoas físicas. As penalidades da LGPD, em vigor desde agosto de 2021, prevêem a aplicação de multas, advertências, bloqueio e eliminação de dados. Para evitar essas penalidades é importante contar com o optin ou termo de aceite do clientes antes de qualquer ação via WhatsApp.

Como manter a segurança de dados em grupos de WhatsApp

Mesmo que as empresas, durante uma negociação, afirmem que os dados do contratante ou dos participantes de grupos estarão seguros, a verdade é que: ISSO NÃO É POSSÍVEL. Os administradores não têm controle sobre os grupos de WhatsApp, pois qualquer um pode convidar usuários do aplicativo para participar e links também compartilhados em panfletos impressos, redes sociais e sites criam um caminho impossível de se rastreado.

É mais fácil se comunicar por grupos de WhatsApp

Embora pareça que é mais fácil manter a comunicação com clientes por grupos de WhatsApp, as coisas não são bem assim. Por exemplo, se as postagens forem limitadas apenas a administradores, não acontecerá interação entre marca e cliente, e, se as postagens forem liberadas para todos, poderão surgir temas que fujam do objetivo, ou até assuntos inconvenientes política extremista, situações pessoais e até pornografia. Outra coisa que poucos sabem: o número de pessoas em grupos de WhatsApp é limitado: cada um comporta, no máximo, 256 pessoas.

O uso de listas de transmissão para se comunicar com clientes

Mensagens podem ser enviadas, simultaneamente, pelo WhatsApp, via lista de transmissão, e constarem como sendo uma mensagem individual para o contato, ou seja sem que eles saibam que aquela mensagem foi enviada por lista. Embora não exista limite para criação deste tipo de listas, só podem ser adicionados 256 contatos em cada uma delas. Porém, vale ressaltar que o diálogo por lista de transmissão só o ocorre a partir do optin ou aceite, que nada mais é o que a ação do usuário do aplicativo salva o número em sua agenda de contatos.

Mudanças na tarifação do WhatsApp Business API em 2022

No novo modelo, as cobranças continuarão sendo feitas por sessão de conversação com duração de 24 horas, porém o WhatsApp passará a tarifar por abertura de conversas, com taxas diferentes para as iniciadas por empresas ou por usuários. A cobrança só acontecerá se a empresa responder a conversa, do contrário, não haverá tarifação. A janela de 24 horas se iniciará com o envio da mensagem do usuário (e não com a resposta da empresa) e se encerra até 24 horas após a última interação do usuário. Para saber mais, clique aqui.

Ainda tem dúvida?

Envie agora mesmo e nós esclarecemos tudo pra você!

Sua mensagem foi enviada com sucesso!
Oops! Ocorreu um erro.
Fale Conosco
Customer Success
Olá,
Como posso ajudar?
Conversar por WhatsApp